Programação | CCON
14/05 a 18/05

Seminário

História e Crítica de Arte em Goiás

  • História e Crítica de Arte em Goiás

 

Sinopse do evento

O Museu de Arte Contemporânea de Goiás comemora a Semana de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus do MinC, com a realização da primeira edição de Terreno Aberto - Seminário sobre História e Crítica de Arte em Goiás, constituído pelo circuito de três encontros com  pesquisadores de diferentes gerações e de diversas linhas de pesquisa, para a apresentação de trabalhos acadêmicos de investigação sobre aspectos da produção artística goiana.

Mídias Sociais

Local

Auditório Lygia Rassi - Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Av. Deputado Jamel Cecílio, 4490, Setor Fazenda Gameleira, Goiânia/GO.

CEP - 74.884- 801

Tel: 3201- 4686 - 3201- 4903

Concepção e coordenação: Divino Sobral

Produção: Equipe do MACGO/CCON.

TERRENO ABERTO

SEMINÁRIO SOBRE HISTÓRIA E CRÍTICA DE ARTE EM GOIÁS

MAC

 O Museu de Arte Contemporânea de Goiás comemora a Semana de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus do MinC, com a realização da primeira edição de Terreno Aberto - Seminário sobre História e Crítica de Arte em Goiás, constituído pelo circuito de três encontros com  pesquisadores de diferentes gerações e de diversas linhas de pesquisa, para a apresentação de trabalhos acadêmicos de investigação sobre aspectos da produção artística goiana.

Amaury Menezes

14 de maio, segunda-feira, 20 horas.

Tema: Bases da arte goiana.

Abertura do seminário com homenagem ao artista e pesquisador autônomo Amaury Menezes por sua contribuição com o livro Da caverna ao Museu: Dicionário das artes plásticas em Goiás.

Emílio Vieira - O expressionismo em Siron Franco e Bernardo Élis.

Edna Goya - A gravura como meio de comunicação: Processo de criação de  D.J. Oliveira.

Coordenação da Mesa - Nasr Nagib Fayad Chaul. Historiador e Chefe do CCON

 

16 de maio, quarta-feira, 20 horas

Tema: Modernismo goiano, contaminações e rupturas.

Marcela Borela -  Experiência moderna nas artes plásticas em Goiás: Fronteira, identidade, história (1942-1962).

Aguinaldo Coelho - Os Salões da Caixego: Estratégia para formação de acervos públicos, construção de identidade e projeção cultural nos anos 70 em Goiás.

Juliano  Moraes - Disputa pelo campo simbólico nas artes plásticas em Goiânia nas décadas 80 e 90.

Coordenação da Mesa - Divino Sobral. Diretor do MACGO.

 

18 de maio, sexta-feira, 20 horas.

Tema: Reflexões sobre artistas goianos.

Rosane Carvalho - Paulo Fogaça: O artista e o seu tempo.

 Armando Coelho - Carlos Sena: A trajetória de um artista na arte goiana (1980-1989). e a pintura dos anos 1980.

Coordenação da Mesa: Maria Elízia Borges. Historiadora da Arte e professora do curso de Pós-Graduação da FAV/UFG.