Programação | CCON
10/11

OFG - Temporada 2013

Marshal Gaioso, Regência e Samuel Dias, Violino

  • Marshal Gaioso, Regência e Samuel Dias, Violino

 

Sinopse do evento

OFG - Temporada 2013

Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer- Av Dep. Jamel Cecílio num. 4490, Goiânia-GO

 

 

Marshal Gaioso, Regência

Samuel Dias, Violino ( vencedor do concurso Jovens Solista da OFG)

Programa:

MENDELSSOHN - Abertura "As Grutas de Fingal"

Concerto com Vencedor do  Concurso Jovens Solistas da OFG

NUNES GARCIA - Sinfonia Fúnebre

BEETHOVEN - Sinfonia nº 01

Mídias Sociais

facebook    youtube   

 

A Orquestra Filarmônica de Goiás apresenta-se dia 10 de Novembro, domingo, às 11h no Centro Cultural Oscar Niemeyer sob a regência do maestro Marshal Gaioso, juntamente com a participação do vencedor do concurso "Jovens Solistas da OFG", o violinista Samuel Dias. A apresentação faz parte da série "Concertos para Juventude". No programa obras de MENDELSSOHN, NUNES GARCIA e BEETHOVEN.

Data: 10 de Novembro de 2013 - Domingo

Horário: 11h

Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer- Av Dep. Jamel Cecílio num. 4490, Goiânia-GO

Telefones: 62. 3201-4926/ 4934

 

Marshal Gaioso, Regência

Samuel Dias, Violino ( vencedor do concurso Jovens Solista da OFG)

Programa:

MENDELSSOHN - Abertura "As Grutas de Fingal"

Concerto com Vencedor do  Concurso Jovens Solistas da OFG

NUNES GARCIA - Sinfonia Fúnebre

BEETHOVEN - Sinfonia nº 01

 

O REGENTE

Marshal Gaioso

 

Marshal Gaioso Pinto é Bacharel em Música pela Universidade Federal de Goiás (1996), fez Mestrado em Artes pela Universidade de São Paulo (USP) (2002) e é PhD em Musicologia pela University of Kentucky, em Lexington, EUA (2010). Foi bolsista da CAPES e da Fundação Fulbright de 2005 a 2009. Estudou com Estércio Marques Cunha (composição), Régis Duprat (musicologia), Jonathan Glixon (musicologia), Emílio de César (regência) e Aylton Escobar (regência).

Marshal Gaioso  foi regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica de Goiânia, regente titular da Orquestra de Câmara de Goiânia e regente assistente da Orquestra Filarmônica de Goiás.

Desde 2001, trabalha como coordenador técnico da equipe responsável pela pesquisa do acervo de manuscritos musicais pertencentes ao Maestro Balthasar de Freitas, de Jaraguá-Goiás. É autor de Danças Para Banda (2006) e Da Missa ao Divino Espírito Santo ao Credo de São José do Tocantins (2004) e de estudos sobre a música em Goiás nos séculos XVIII e XIX.

Gravou, como regente e diretor artístico, diversos CDs, entre eles Danças de Outros Tempos (2006) e Música Colonial em Goiás (2004). Marshal Gaioso Pinto é professor de Música e regente da Banda Sinfônica do Instituto Federal de Goiás.

 

O SOLISTA

Samuel Dias

Vencedor do I Concurso Jovens Solistas

 

            Natural de São Paulo, Samuel iniciou seus estudos musicais aos 11 anos de idade com seu irmão Leandro Dias dando continuidade com Igor Sarudiansky e Cláudio Micheletti. Em 2008, entrou na academia da OSESP sob a orientação de Emmanuele Baldini, participando de concertos com grandes nomes, tais como: Frank Shipway, Sofia Gubaidulina, Yan Pascal Tortelier, Gennady Rozhdestvensky, Claus Peter Flor, entre outros. 

           No ano de 2012, foi convidado a participar do Britten-Pears Summer Festival em Aldeburgh (Inglaterra), realizando turnês nas principais salas de concertos da Europa, tais como: BBC Proms (Londres), Concertgebouw (Amsterdam) e Ingolstantd (Alemanha). 
Em agosto do mesmo ano esteve no Dartington International Summer School sob a orientação do professor Markus Däunert. Participou de importantes masterclasses  com Antonio Menezes, Midori Goto, Mirian Fried, Augustin Hadelich e Marcelo Gershfeld. 

 
  Como Solista, Samuel Dias atuou na Orquestra Sinfônica Jovem de Guarulhos, Camerata Cantilena Essemble, Orquestra Unisinos, Orquestra Sinfônica Juvenil 2 de Julho (NEOJIBA) e Sinfônica da Bahia. Gravou com a Orquestra de Câmara de Aldeburgh, ao lado de músicos da Filarmônica de Berlim e também participou da série L'estro Harmônico de Vivaldi como solista, sob a direção de Emmanuele Baldini. A convite do maestro Ricardo Castro, desde 2010 Samuel é Spalla da Orquestra Sinfônica da Bahia e integra também o grupo Camará, dando aulas no NEOJIBA. 

 

A ORQUESTRA

A ORQUESTRA FILARMÔNICA DE GOIÁS, recriada no final de 2011, foi transferida para o Gabinete Gestor do Centro Cultural Oscar Niemeyer efetivamente em janeiro de 2012.  No primeiro ano de sua recriação, A OFG realizou cerca de 20 apresentações musicais, divididas em quatro séries de concertos no Teatro SESI, no Centro Cultural UFG, no Centro Cultural Oscar Niemeyer e no Teatro Escola Basileu França. Foram mais de 10 artistas convidados de renome nacional e internacional, que se apresentaram com a Orquestra na Temporada 2012, inclusive em Concertos Didáticos em parceria com a Secretaria da Educação e com o Teatro SESI.
Mostrando o potencial da música de concerto em Goiás, a lotação dos teatros e locais de concertos, foi sempre próxima da capacidade máxima, em quase todas as récitas, totalizando um público de mais de 13.000 pessoas.

Foi a primeira vez na história do Estado de Goiás, que a Orquestra Filarmônica teve uma programação anual de concertos completa, com as séries Grandes Solistas, Concertos para a Juventude, Concertos de Câmara e Concertos Didáticos, com apresentações que contaram com a participação de prestigiados maestros e solistas convidados, destacando entre eles: Emmanuele Baldini, Räiff Dantas, Fábio Cury, Laércio Diniz, Eduardo Monteiro, Luiz Garcia, Neil Thomson, Albrecht Breuninger e Ângelo Dias.

Em sua nova configuração, a Orquestra Filarmônica de Goiás iniciou o ano de 2013 com o processo seletivo, que recrutou 50 novos músicos para compor o quadro fixo de instrumentistas profissionais.

Na programação da Temporada 2013, estão previstas 42 apresentações musicais em todo o Estado de Goiás, inclusive em bairros de Goiânia. Teremos séries de concertos no Teatro Goiânia, no Teatro SESI e no Centro Cultural Oscar Niemeyer, além de concertos especiais. Teremos 25 artistas de renome nacional e internacional que se apresentarão com a OFG para um público de, aproximadamente, 30.000 pessoas.

O ano de 2013 será promissor e propagará os sons da OFG pelos mais variados espaços e públicos.

 

ORQUESTRA FILARMÔNICA DE

 

Superintendente da OFG: Ana Elisa Santos

 

Regente Titular: Eliseu Ferreira

 

Diretor Artístico: Alessandro Borgomanero

 

 

 

Chefe do Gabinete Gestor do Centro Cultural Oscar Niemeyer: Nasr Fayad Chaul

 

Secretário de Estado da Casa Civil: Vilmar Rocha

 

Governador do Estado de Goiás: Marconi Ferreira Perillo Júnior