Programação | CCON
13/05 a 14/05

I Encontro do Vapt Vupt

I Encontro do Vapt Vupt

  • I Encontro do Vapt Vupt

 

Sinopse do evento

Participação de mais de dois mil funcionários, com presença do governador Marconi Perillo, vários secretários e convidados do Rio de Janeiro, Bahia e Espírito Santo; com a finalidade de buscar ampliar conhecimentos para melhoria da prestação de serviço ao cidadão.

Mídias Sociais

flickr    facebook    youtube    

Estados trazem a Goiás ideias para as melhorias do Vapt Vupt


A presença de convidados do Rio de Janeiro, Bahia e Espírito Santo no Fórum da Melhoria do Serviço Público e Atendimento ao Cidadão e 1º Encontro Vapt Vupt, abrilhantou o evento e trouxe novas ideias e experiências que podem ser aplicadas em Goiás. O evento começou no dia 13 e terminou no dia 14 de maio ao meio dia, com almoço e show de encerramento. Mais de dois mil servidores de todos os órgãos do Estado lotaram o Palácio da Música Belkiss Spenzièri, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Segundo o secretário Giuseppe Vecci, durante a abertura do evento, o desejo do governo de Goiás é o de buscar mais conhecimento para prestação de serviços cada vez melhores ao cidadão.

Para Vecci, esta forma de capacitação do servidor é muito menos onerosa ao Estado e promove melhorias bem maiores e duradouras. “Temos que trabalhar com projetos de baixo orçamento por conta das dificuldades financeiras, mas não estamos aqui para chorar. Temos que avançar”, afirmou o secretário.

Uma das experiências mais ricas apresentadas durante a tarde veio da Bahia, com as expositoras Maria Marta Tochilooskym e Ana Evangelina Sampaio. Elas apresentaram o funcionamento do programa 100% Hora Marcada, do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). A ação permite que os usuários tenham horário certo para serem atendidos e impede filas, demoras e transtornos. A experiência foi adotada após a pesquisa e constatação que os períodos mais cheios eram do início da manhã ou final da tarde.

Ana Evangelina apontou, inclusive, os desafios que foram aparecendo ao longo do tempo: como cidadãos que apareciam sem terem marcado, pessoas que atrasam ou simplesmente faltam ao compromisso feito. Para resolver a situação, foram criados terminais de autoatendimento nos postos para que, mesmo sem compromisso marcado, o cidadão pudesse utilizar o sistema para o agendamento. Existem também as opções de garantir este atendimento pela internet ou por um telefone 0800.

Aqueles que não puderem ir ao SAC, mesmo depois de ter solicitado um espaço, podem ligar e desmarcar o atendimento, para que possa dar lugar a outro. As idas ao Serviço também foram limitadas por CPF, para evitar a comercialização de horários. A hora marcada não é a primeira inovação da Bahia. O próprio SAC foi pioneiro e serviu de modelo para a implantação do Vapt Vupt, em 1999.

A Bahia serviu não só de modelo para Goiás. O Rio de Janeiro aliou também a experiência de São Paulo e criou o Rio Poupa Tempo no primeiro governo de Sérgio Cabral, em 20007, conta a coordenadora Maria de Fátima Destri Tenório. A iniciativa do Espírito Santo, o Faça Fácil, foi apresentada pela gerente Miriam Santos Cardoso, que ressaltou a união de todos os órgãos participantes na construção do projeto.

Vapt Vupt

O superintendente do Vapt Vupt e Atendimento ao Cidadão, Marco Antonio Ferreira, destacou para os outros estados, as iniciativas que deram certo e contribuem para a inovação e uma resposta cada vez maior no atendimento. A parceria com a Polícia Federal aumentou para oito mil atendimentos ao mês de solicitantes de confecção de passaportes, explica o superintendente. O cadastro biométrico para o título eleitoral, mais um serviço prestado pelo  Vapt Vupt, é uma das inovações do projeto.

Ele também explicou como se dá o acompanhamento dos indicadores globais de atendimento direto da sala da superintendência. Painéis nas cores verde, amarelo e vermelho indicam gargalos ou metas batidas para números de atendimentos e tempo da espera, entre outras questões. “Com isso não tem 'achismo', os números nos dão a realidade e a evolução dos resultados”, afirmou.

O secretário de Articulações institucionais, Daniel Goulart, abriu o primeiro painel afirmando que quebrar paradigmas, modernizar a administração pública e investir na profissionalização têm gastos muito menores que obras físicas, mas são mais difíceis de implantar. “Se atendermos melhor nosso contribuinte-patrão, vamos incentivar quem está ao nosso lado a fazer o mesmo”. Ele ainda atacou “quem quer sobreviver no serviço público na base do improviso” e afirmou que o processo de meritocracia não tem mais volta. Daniel aproveitou para parabenizar o secretário de Gestão e Planejamento, Giuseppe Vecci, pela coragem em implementar a seleção por capacitação e mérito para gerentes, coordenadores e supervisores. Antes do início, os participantes puderam acompanhar uma apresentação do quarteto de cordas do Grupo de Artes do Basileu Toledo França.

Fonte: Comunicação Setorial – Segplan

 

Órgãos estaduais apresentam propostas de melhoria no atendimento

 O segundo painel do Fórum da Melhoria do Serviço Público e Atendimento ao Cidadão trouxe, na manhã do dia 14 de maio de 2011, a participação das secretarias de Segurança Pública e Justiça, Saúde, Educação, além da Controladoria-Geral do Estado, Detran e Ipasgo. Os servidores presentes ao evento puderam ouvir, em primeira mão, os principais projetos de cada secretaria para que os goianos possam ter um serviço de qualidade. O evento contou com a presença do governador Marconi Perillo que, numa rápida participação, saudou os servidores do Estado.

 O superintendente executivo da Secretaria de Saúde, Halin Girad, abriu os trabalhos e relembrou a importância do serviço de emergência 192, atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em cada região do Estado e na capital. Entre as propostas inovadoras apresentadas, algumas delas já citadas na campanha eleitoral de 2010, estão a construção de seis Centros de Referência a Dependentes Químicos (Credeq), a Central de Laudos em Imagem e o programa Remédio em Casa.

 Halin afirmou a importância da construção dos Credeq’s não só para a saúde dos cidadãos dependentes, mas para todo o "tecido social". Além do crack e outras drogas existentes, a saúde pública se vê a frente de um novo inimigo, o OXI. "Cuidar do dependente químico é também cuidar da família dele", salientou.

 A Central de Laudos em Imagem oferece aos cidadãos rapidez nos diagnósticos, já que não haverá a necessidade de um médico radiologista em cada unidade de saúde e os exames serão enviados virtualmente para a central, que resolverá rapidamente a demanda. O Programa Remédio em Casa é, para ele, um dos projetos mais viáveis, construído de acordo com o modelo paulista e que pode ser implantado nos próximos três meses.

 O secretário de Segurança Pública e Justiça, João Furtado, destacou a importância da humanização do atendimento no Instituto de identificação, com presença de psicólogas e assistentes sociais para suporte às famílias. Ele ainda explicou uma ação rotineira das equipes, que é a Visita Solidária, que pretende reforçar como política pública. "Ela serve para demonstrar às famílias o interesse do Estado em resolver os crimes", alegou.

 José Carlos Siqueira, secretário-chefe da Controladoria Geral do Estado, apresentou a construção da Ouvidoria Geral, como uma ferramenta direta de comunicação entre a sociedade e o poder público. O plano é também mapear as insatisfações da sociedade nas redes sociais e na mídia e transformá-las em procedimentos administrativos capazes de responder ás demandas da sociedade. O secretário aproveitou para propor a criação de um canal direto de comunicação entre o servidor e o Estado, o que foi aprovado pelos participantes.

 Para o Detran, as novidades são de um planejamento estratégico, trabalhado em conjunto com a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) e uma política eficiente de valorização do servidor, com recompensas aliadas ao reconhecimento do trabalho. "Sem vocês não damos um passo sequer", afirmou o presidente Edivaldo Cardoso.
 O presidente do Ipasgo, José Taveira, destacou a importância da equalização entre receita e despesa para a melhoria do atendimento e que a proposta é começar a pagar os prestadores de serviço rigorosamente em dia. "E toda esta economia que estamos procurando fazer vai nos levar a investir mais em tecnologia da informação. Vamos melhorar as atividades meio para ter reflexo na área fim", disse.
 A informatização de toda a vida escolar do aluno, seja tanto de documentos pessoais quanto de seu desenvolvimento em sala de aula, é o projeto da Secretaria da Educação, apresentado pela superintendente de Programas Educacionais Especiais, Edivânia Braz Teixeira Rodrigues. Para ela, é essencial ainda pensar a escola como um espaço aberto para todos os estudantes, não só tratar daqueles com deficiências, mas fazer uma educação sem distinção de raça, cor ou orientação sexual.

 O Fórum da Melhoria do Serviço Público e Atendimento ao Cidadão e 1º Encontro Vapt Vupt, terminou com uma palestra do advogado e professor Emídio Falcão Brasileiro, sobre a Excelência no Atendimento e Satisfação dos Clientes. Logo em seguida os servidores puderam desfrutar de um almoço e apresentação da dupla de humoristas Mauri e Xexéu.

Fonte: Comunicação Setorial - Segplan